Comunicação interna: Fator de equilíbrio organizacional


Joseval Filho - Especialista em Gestão de Pessoas

17/12/2020 17:05:26

A comunicação dentro das organizações é fundamental para o bom desenvolvimento, entre gestores, colaboradores, fornecedores e clientes.O poder de desta ferramenta no mundo corporativo é um fator primordial. Onde as empresas devem conhecer seu público alvo, e saber escolher a melhor forma de comunicar-se.

Podes-se observar que a sociedade é feita de organizações responsáveis pelo atendimento das necessidades das pessoas. Nestas organizações, cada pessoa ou grupo de pessoas desempenham tarefas especificas para alcançar os seus respectivos objetivos, assim como o da empresa e de seus clientes. Esta divisão do trabalho faz com que as limitações individuais sejam superadas e isso só acontece de fato se a comunicação entres as partes for exercida de maneira clara e eficiente.

De acordo com André Fischer, a ideia de modelo de gestão onde a comunicação interna tem essa relevância a tese é baseada no desenvolvimento mutuo, ou seja, a organização, ao se desenvolver, também desenvolve pessoas e estas a organização. O objetivo da organização deve ser a gestão de pessoas, a qualidade pessoal, e o desempenho profissional além da satisfação dos colaboradores dos gestores e da sociedade que utiliza os serviços a ela prestados.

Neste contexto, os gestores devem ter a capacidade de verificar as necessidades de seus colaboradores, o que cada um tem a oferecer um diálogo interno que aflore nos colaboradores virtudes, como: conhecimento, criatividade, qualidade, desempenho, habilidade, motivação, atitude, competência e comprometimento. Isto faz com que a organização prospere. Entre os subsistemas, encontram-se o planejamento e a aplicação da avaliação do desempenho, que trata dos aspectos relacionados alcançados por cada indivíduo dentro da organização.

Por: Joseval Filho - Especialista em Gestão de Pessoas

© Joaoneto.news - 2020 Todos os direitos reservados